Mas que raios é compensação de exposição? O nome é bonito e parece chique, mas não é tão complicado quanto parece. Vamos la…

Todos nós já percebemos que, em certas situações, a câmara não escolhe a exposição que nós pensamos ser a correcta e nos presenteia com aquelas imagens muito escuras (sub-expostas) ou muito claras (sobre-expostas).

Se você estiver utilizando o MODO MANUAL da sua câmera, você pode corrigir a exposição alterando a velocidade do obturador, a abertura ou o ISO manualmente de forma a compensar o erro de medição.

Se você não não sabe o que ISO, Velocidade do Obturador ou Abertura Veja esse artigo nesse link 

Agora se você estiver usando um modo automático(Auto,A), como o Programa(P), Prioridade à Velocidade (Tv,V) ou Prioridade à Abertura (Av,A), em muito casos você vai ter que Compensar a Exposição (Exposure Compensation).

Como funciona?

O conceito é muito simples. Tiramos uma foto e verificamos no LiveView da câmara se ficou com a exposição que pretendemos.
Caso tenha ficado sub-exposta compensamos positivamente (+EV).
Caso tenha ficado sobre-exposta compensamos negativamente (-EV).

Normalmente as câmaras permitem compensar a exposição entre -3EV e +3EV, e casa segmento desse EV é conhecido como Ponto de Luz ou “Stop”. Veja o Fotómetro a baixo para ficar mais claro

exposure-meterPara descobrir como usar esta função na sua câmara especificamente, é interessante que você veja no manual dela, pois o processo pode variar de modelo para modelo, mas basicamente no modo automático o seu fotómetro sempre vai estar zerado por padrão na sua câmera, quando compensamos a exposição, nós indicamos quantos pontos de luz a mais ou menos ela vai usar naquela foto.

Alguns casos que identificamos a necessidade do uso da compensação

Contra-luz

Exposição correcta Automatica, segundo a câmara.

Exposição correcta Automatica, segundo a câmara.

Nesta foto pretendia capturar um pouco mais dos detalhes da estrutura. Para chegar no esperado, fiz uma compensação da exposição de +1 EV.

Nesta foto pretendia capturar um pouco mais dos detalhes da estrutura. Para chegar no esperado, fiz uma compensação da exposição de +1 EV.

Amanhecer ou anoitecer

Exposição correcta Automatica, segundo a câmara.

Exposição correcta Automatica, segundo a câmara.

Esta foto foi tirada antes do nascer do sol e precisei de compensar a exposição com -2 EV para conseguir reproduzir as tonalidades que o céu apresentava no altura.

Esta foto foi tirada antes do nascer do sol e precisei compensar a exposição com -2 EV para conseguir reproduzir as tonalidades que o céu apresentava na realidade.

Motivos pretos/brancos (ou quase)

Exposição correcta Automatica, segundo a câmara.

Exposição correcta Automatica, segundo a medição da câmara.

Ao medir a luz na cabra que tem a cor preta, a câmara sugeriu uma exposição mais clara porque achou que a cena estava escura. Neste caso, foi preciso compensar a exposição com -2 EV.

Ao medir a luz na cabra que tem a cor preta, a câmara sugeriu uma exposição mais clara porque achou que a cena estava escura. Neste caso, foi preciso compensar a exposição com -2 EV. Se a cabra fosse branca, a câmara iria sugerir uma exposição mais escura e teremos de compensar com EV positivo.

Com a prática, vamos aprendendo a identificar estas situações e fazer a devida compensação mesmo antes de tirar a foto. No entanto, convém sempre dar uma olhada no LiveView para termos certeza que as fotografias ficaram com a exposição correta ou desejada.

Conclusão

A medição de luz das câmaras modernas é bastante avançada e, na maior parte das vezes, não precisamos  recorrer à compensação da exposição. No entanto, como pode ver, existem situações em que a medição da câmara não é a ideal e nós, como bons fotógrafos que somos, temos que saber dar a volta à situação! 🙂
A câmara é apenas uma ferramenta e temos que a dominar 100% para conseguirmos tirar as fotos como idealizamos, independentemente da situação.

Deixar resposta

Seu email não será publicado.